Segunda – 31/07 Reunião do Conselho Comunitário de Segurança – Maraporã

Hoje a gente vê que está ficando pior. Eu tenho um comércio e fiquei meia hora com uma pistola na cabeça como refém

Por Hideo Yamawaki
Em 01/08/2017

Foi realizado ontem às 18:00 a Reunião Extraordinária do Conselho Comunitário de Segurança, em Maraporã.

Estiveram presentes na mesa Marcos (vice presidente), Inspetor Edson (159º DP), Marúcia (presidente do conselho), Capitão Marcelo (PMERJ) e Sérgio ( Secretário de ordem pública). A reunião foi aberta ao público e foram abordados diversos temas referentes à segurança pública, aumento da violência, a falta de policiamento nas localidades mais distantes e o impacto da crise econômica na segurança.

Diversos moradores relataram casos de assaltos nas proximidades, e a dificuldade em chamar a polícia em casos de emergência.
“Hoje a gente vê que está ficando pior. Eu tenho um comércio e fiquei meia hora com uma pistola na cabeça como refém. Passavam pessoas na rua, mas ninguém viu” Conta um dos participantes.
Celso Vilardo, representante da associação de moradores de Agrobrasil no Conselho Comunitário de Segurança fez também elogios ao serviço da PM em Cachoeiras:
“O Capitão Marcelo tem feito um trabalho de aproximação da população à Polícia, e tem dado bons resultados”. elogia Celso.
Em Tanguá, o Cap. Marcelo realizou um excelente trabalho com destaque ao grande número de prisões, apreensão de drogas e armas, e em Cachoeiras continua com o plano de ações, mas ressalta que o sistema em si prejudica a segurança. O criminoso é preso e depois de algumas horas já está de volta às ruas.

A iluminação pública também é um tema recorrente em todas as reuniões, pois está diretamente relacionada com a segurança. Segundo o representante da ouvidoria da prefeitura, o problema referente a iluminação é a falta de uma empresa que preste o serviço. A prefeitura precisa aguardar a aprovação do TCE para abrir a licitação. A alternativa seria a mobilização da população para a cobrança no TCE e prefeitura.

Foi anunciado por Marcelo Terrero, a instalação de um DPO em Maraporã dentro do prazo de 60 dias, e a implementação de uma central de monitoramento por 20 câmeras instaladas pela cidade ainda este ano. Por fim, Sérgio, Secretário de Ordem Pública, anunciou melhorias na Guarda Municipal com a incorporação de mais 80 agentes, a fiscalização mais rigorosa e um posto de 24 horas da Guarda. O secretário pediu também a paciência pois as melhorias podem levar algum tempo para ser implementadas.

O Conselho Comunitário de Segurança é apartidário, e  tem como objetivo reunir e pensar estratégias de enfrentamento dos problemas de segurança, tranquilidade e insalubridade da comunidade, orientados pela FILOSOFIA DE POLÍCIA COMUNITÁRIA. A próxima reunião será realizada dia 28 de Agosto, no Centro de Cachoeiras, na sede da OAB às 18:00.

Esteve presente na Reunião do Conselho Comunitário de Segurança? Conte o que achou, deixe um comentário!

Comments

comments

Você também pode gostar...